Cuidados com Têxteis

Cuidados com Têxteis

 

ESTILO-DE-TEXTIL.png


ALGODÃO: O algodão é uma das fibras naturais mais usadas devido às suas propriedades de fiação e elevada resistência. É facilmente tingível e pode ser desbotado facilmente com lixívia. Ainda assim, os tecidos são elásticos, facilmente amarrotáveis e têm uma capacidade de aquecimento bastante reduzida. Quase nenhum outro material é tão duradouro. 

Lavagem: Normalmente, o algodão branco suporta uma lavagem de até 95ºC. O algodão de cor, por sua vez e devido ao perigo de desbotar, deve ser lavado até aos 60ºC com um detergente para roupa de cor. É importante observar a etiqueta de cuidados de lavagem dos têxteis.

 

TECIDOS MISTOS: Conjugado com viscose, o algodão adquire um resultado elegante, e a caxemira em conjugação com o algodão, fica também economicamente mais acessível. A mistura de fibras mais usual é a conjugação de algodão com fibras sintéticas. Também os materiais de microfibras são sempre uma combinação de diferentes materiais. Para os cuidados é importante ter em atenção o programa de lavagem para o material em questão. 

 

PENAS: As penas oferecem volume, armazenam calor e têm um efeito isolante. São por isso utilizadas para o enchimento de edredões e peças de vestuário. Para a conservação de peças com penas, é necessária uma limpeza regular.

Lavagem: Para uma lavagem higiénica de têxteis com enchimento de penas, deve ser tido em conta o facto de que as elevadas temperaturas e um maior nível de água liberta significativamente os ácaros e os seus casulos na lavagem.

 

TURCOS: O turco é produzido através de um tipo específico de enlaçamento de tecidos.

Lavagem: Os turcos, regra geral, são tingidos com lavagens a 100ºC. Os roupões de banho têm apenas uma lavagem até aos 60ºC. Na primeira lavagem, os turcos podem ser lavados em separado a 60ºC, para que a cor excedente seja retirada. Ainda assim, os turcos podem ser facilmente lavados com pequenas quantidades de roupa.

 

PELE: A pele verdadeira é um produto de origem animal e obriga a cuidados especiais. Cada tipo de pele deve ser tratado de uma forma diferente. Por isso, recomenda-se que o tratamento de pele seja feito numa zona isolada. Para todos os tipos de pele: não usar solventes ou acetona.

 

POPELINE: Popeline é a designação comercial para um tecido em ponto de tafetá apertado. A popeline pode ser produzida de lã de ovelha, seda, , viscose, poliéster ou fibras mistas. A lã de popeline é especialmente fina e uma versão enobrecida com brilho da malha de lã, e por essa razão, mais fácil de cuidar e mais resistente. Para impedir o risco de malhas soltas, devem ser tomados cuidados no tratamento da peça e no pré-tratamento de nódoas.

 

FIBRAS SINTÉTICAS: Nylon/Poliéster/Poliamida/Poliacril - Estas fibras totalmente sintéticas são altamente elásticas e resistentes ao rasgo e abrasão. Não ficam engelhadas e secam depressa, uma vez que absorvem apenas alguma humidade. Estes têxteis sintéticos são particularmente resistentes à deformação e enrugamento.

Lavagem: De forma a prevenir o risco de deformação térmica das peças, o poliéster e poliamida devem ser lavados num programa de lavagem delicada, a uma temperatura máxima de 60ºC.

 

LÃS: A fibra de lã é composta por várias camadas. Retém particularmente bem o calor e é por isso muito utilizada para pullovers quentes ou para confortáveis acessórios de Inverno. Entre os tipos de lã encontram-se, entre outros, a caxemira, angorá, merino, etc. A mais comum é porém a lã de ovelha.


ESTILO-DE-TEXTIL-2.png